top of page

Catolicismo e Copa do mundo

Ligar o televisor ou monitor e assistir a um jogo da copa do mundo de futebol será o programa de milhares de brasileiros nos próximos meses (ainda assim é recomendado a censura de comerciais, que algumas vezes possuem imagens ou palavras indecentes). Para além dos jogos da seleção, poder acompanhar os futuros adversários, ou então torcer para outras nacionalidades é comum, não é mesmo!?

Pela primeira vez no Qatar, a Copa do Mundo de Futebol já passou por todos os continentes e existe desde 1930. Há quase 100 anos, portanto, vibramos torcendo pelas seleções.


Neste website é demonstrada a fé católica que o treinador da seleção, Tite, possui e pratica (infelizmente na estrutura Novus Ordo).


Mas você sabe que há ainda várias outras ligações desse mega evento com o Catolicismo? Separamos 2 curiosidades para você curtir ainda mais a disputa.



1. Jules Rimet era um católico fervoroso


O criador da competição, Jules Rimet, era um católico fervoroso. Nascido na França, em 1873, foi inspirado pelo Papa Leão XIII (através da encíclica Rerum Novarum) a fundar uma organização que oferecia assistência social e médica para as pessoas mais pobres. Jules era advogado e, antes de criar a competição de futebol, dedicou muito de sua vida para cumprir o propósito da caridade para com os que mais precisavam.

Por isso mesmo, em 1924 fundou o time Red Star, aberto à população de todas as classes sociais. Chegou a dizer: “Os homens poderão se reunir com confiança (fé) , sem ódio em seus corações e sem insultos em seus lábios (recordando a caridade e a modéstia no falar), ao destacar a importância do futebol para as pessoas.



2. A camiseta azul da seleção é inspirada em Nossa Senhora Aparecida


Há quem goste mais da amarelinha, outros preferem a azul mesmo. E para esse segundo grupo, a partir de agora a camiseta da seleção terá mais um significado. Ela foi inspirada no manto de Nossa Senhora Aparecida, padroeira principal do Brasil (junto com São Pedro de Alcântara).

A decisão da cor da segunda camisa brasileira aconteceu em 1958, quando na final da copa, a disputa seria contra a Suécia, que vestia amarelo também. Como o Brasil enfrentaria o time adversário fora de casa, precisava usar o uniforme reserva (que o Brasil não tinha).

Foi então que na hora da decisão desse segundo uniforme a comissão técnica decidiu comprar um azul, porque a cor é a mesma do manto de Nossa Senhora. E não é que deu muito certo? Naquela disputa o Brasil foi campeão do mundo pela primeira vez.



Camiseta azul da seleção inspirada no manto de Nossa Senhora Aparecida


* O canal Fox Sports esta disponibilizando a live stream dos jogos através do seguinte link.



bottom of page